Caixa adia depósitos do FGTS emergencial e alega “cadastros incompletos”

0
Brasília, DF, Brasil: Caixa Econômica Federal. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A Caixa já deveria ter depositado o FGTS emergencial na poupança digital de trabalhadores nascidos em janeiro, fevereiro e março. Contudo, algumas pessoas foram comunicadas que o pagamento será depositado em outra data, sem maiores detalhes sobre o motivo do atraso.

A Caixa declarou ao UOL que não houve alteração no calendário de pagamentos, mas disse que, para trabalhadores que estavam com cadastro incompleto, “o crédito foi reprogramado para o calendário seguinte, condicionado à complementação dos dados no app FGTS”.

Filipe Andretta

Do UOL, em São Paulo

- Publicidade -

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não expressa a opinião deste site.