Aprovação de Bolsonaro tem leve melhora na Bahia

0

Divo Araújo

O presidente Jair Bolsonaro registrou uma leve melhora nos seus números de popularidade na Bahia, revelou uma nova rodada de pesquisas promovida pelo Grupo A TARDE e o Instituto Data Poder360, núcleo de pesquisa do jornal digital Poder 360.

A avaliação positiva do presidente Bolsonaro subiu de 22% para 27% em 15 dias e a negativa oscilou de 53% para 50% agora. Quando se considera apenas Salvador, a avaliação positiva de Bolsonaro caiu de 23% para 19%.

Essa última pesquisa do Data Poder 360/ A TARDE foi realizada nos últimos dia 6 e 8 de julho e ouviu 2,5 mil pessoas em 180 municípios baianos. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Há um mês, no dias 8 e 10 de junho, 52% consideravam o desempenho de Bolsonaro ruim/péssimo, enquanto 27% avaliam como ótimo/bom, 20% consideravam regular e 6% não souberam. Já na pesquisa realizada entre 22 e 24 de junho, os percentuais eram bem parecidos – 53% avaliavam o presidente como ruim/péssimo, 22% ótimo/bom, 19% regular e 6% não souberam.

Na mais recente ocorreu uma oscilação maior – 50% dos entrevistados consideram o desempenho de Bolsonaro ruim/péssimo, enquanto 27 avaliaram como ótimo/bom e 18% regular. Outros 5% não souberam.

Quando o questionamento é se Bolsonaro deveria continuar presidente, o percentual tem uma oscilação ainda maior nas últimas três pesquisas. Há um mês, 62% dos baianos consideravam que ele deveria sair do governo contra 59% há 15 dias e 53% agora.

Na Bahia, a desaprovação a Bolsonaro é maior na faixa que ganha mais de 10 salários mínimos – 69% consideram o desempenho do presidente ruim/péssimo, contra 25% que avaliam como ótimo/bom.Quem ganha entre dois e cinco salários mínimos o percentual ótimo/bom vai para 38%, enquanto o de ruim/péssimo cai para 47%.

Entre cinco e dez salários mínimos o ruim/péssimo gira em torno de 58% e o de ótimo/bom vai para 23% – mesmo percentual do segmento dos brasileiros que ganham menos de dois salários mínimos. Nessa faixa de renda, 53% dos brasileiros avaliam o presidente como ótimo/bom.

No Brasil, a pesquisa DataPoder360 confirma a tendência de estabilidade na política nacional observada nas últimas rodadas do projeto. O percentual de brasileiros que avalia o governo Bolsonaro de maneira negativa oscilou para baixo, chegando a 46%. Outros 29% dos entrevistados avaliam o governo como ótimo ou bom e 20% avaliam como regular, mesmos números de 15 dias atrás.

- Publicidade -

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não expressa a opinião deste site.